sábado, 23 de abril de 2011


OUÇA


Ouça a música do silêncio,
é tão bela!
Permita ao vento
um suave afago,
é tão puro!

E não esqueça de sonhar,
é tão bom!

Quanto ao amor...
seja forte, seja fraco,
seja suave e real,
seja homem e mulher,
seja tranquilo e inquieto,
seja luta e paz.

Quanto ao amor,
seja amor,
simplesmente,
conjugando-o
sem tempo e sem modo
em todos os tempos e modos.

Quanto ao amor,
ouça a música do silêncio,
é tão bela!


Amélia de Morais



2 comentários:

  1. Que canto mais belo, Amélia! Encantada! Parabéns! Beijo sereno, poeta!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Lena.
    Seja muitíssimo bem vinda!
    Cheiros

    ResponderExcluir